Brasil Poker

Calculando Probabilidades – Parte 2

Posted on: Dezembro 4, 2008

Este artigo é continuação do Calculando Probabilidades – Parte 1, sugiro que dê uma olhada no artigo anterior se você não o leu ainda.

Agora iremos estudar uma mão inicial mais fraca que a anterior, pois sabemos que a probabilidade de sair com AK do mesmo naipe é pequena.

Digamos que você tem um par pequeno, de 2 até 8, que neste estudo consideraremos um par de 3. Gosto muito de jogar com esse tipo de cartas, e se não receber um aumento muito absurdo pago pra ver o FLOP.

Vamos lá, nossa mão:

d3 s3

Não é lá grande coisa, mas pagamos pra ver o FLOP desejando uma TRINCA.

  • Vem o FLOP:

c4 h5 c3

E os deuses respondem às nossas preces, temos uma trinca. Na maioria dos casos, ter uma trinca logo no FLOP nos dá quase 90% de chance de ganhar o pote.

Mas preste bem atenção no FLOP acima, existem vários tipos de mãos que podem ser formadas para seus oponentes jogarem ou até mesmo blefarem, isso é chamado de DRAW.

DRAW é uma mão não formada, não vale praticamente nada, depende do TURN e do RIVER para se concretizar como uma boa mão.

  • Neste FLOP temos que temer um possível FLUSH, um STRAIGHT ou até mesmo um STRAIGHT FLUSH. E todas essas mãos ganham da nossa;
  • Todos os oponentes checam e chega nossa vez, colocamos uma aposta média e conseguimos que dois jogadores paguem pra ver;
  • Neste caso, e somente neste caso, podemos dizer que eles ainda não têm mãos formadas, pois se tivessem receberíamos um aumento de imediato. Então colocamos os dois jogadores em DRAWs.

Depois de analisarmos nossa mão, e logo depois “prever” a mão de nossos oponentes podemos então fazer as contas.

  • Um Flush teria 9 outs para se concretizar, ficamos então de olho no caso de uma carta de paus vir no Turn ou no River;
  • Um Straight normal teria 8 outs, mas temos que descontar 2 cartas de paus, pois essas dariam ao outro oponente um Flush, portanto tememos 6 outs para um straight;
  • Somando tudo totalizamos 15 outs para sair uma mão melhor que a nossa;
  • No caso de nenhuma das cartas saírem, pisamos no acelerador e apostamos sem dó nem piedade, pois a chance da nossa mão ser a melhor é muito grande. Podemos também colocar armadilhas para pegar os adversários, sabemos que temos a melhor mão, então jogaremos de tal forma a ganhar a maior quantidade de fichas possível.

Claro que também existe a possibilidade de sair mais um três no Turn ou no River, e isso nos daria uma QUADRA.

Neste caso somente um Straight Flush ou um Royal Flush nos bateria, e para este flop isso é impossível. Então devemos ficar calmos e jogar da melhor forma possível para acumular a maior quantidade de fichas.

Fico por aqui, espero que tenham entendido.

Abraços.

Dario.

2 Respostas to "Calculando Probabilidades – Parte 2"

[…] A segunda parte deste artigo já foi publicada e você pode acessá-la clicando aqui – Calculando pr… Tags: calcular, melhor mão, Odd, Out, Outs, porcentagem, probabilidade, […]

Parabéns pela explicação. Muito boa mesmo. estou começando a jogar com uns amigos e formamos até um campeonato amistoso. É bom aprender esses lances para ter mais possibilidade de jogo.

Se quiser dê uma acompanhada no blog do campeonato no blog. Os jogos ocorrem todas as quartas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: